Páginas

ASPGE INFORMA:

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Avenida Sílvio Pedroza volta a ser interditada por causa das chuvas.

Fonte: Tribuna do Norte.

A avenida Governador Sílvio Pedroza, em Areia Preta, voltou a ser interditada nesta segunda-feira (28) por causa das chuvas que caem em Natal desde a madrugada. O trânsito na avenida estava liberado desde o dia 10 de julho, porém a região estava sendo monitorada pela Defesa Civil e a via poderia ser novamente interditada em caso de risco.

A interdição começa ainda na Via Costeira e agentes de trânsito estão orientando os motoristas a desviarem pela avenida João XXIII, em Mãe Luiza. Apenas moradores da região estão sendo autorizados a seguir na via.

Daísa AlvesMotoristas estão desviando pela avenida João XXIII, em Mãe LuizaMotoristas estão desviando pela avenida João XXIII, em Mãe Luiza

O secretário de Defesa Civil, Paulo César Ferreira, está no local acompanhando a situação. No momento, desce muita água para a pista, mas não há registro de deslizamentos. A prefeitura colocou mais sacos de areia para reforçar a contenção da descida de areia para a pista. "Por enquanto a situação é estável, porém, estamos em alerta para qualquer ocorrência ou necessidade. Assim que a chuva parar, a via será liberada", afirma Paulo César. 

O prefeito Carlos Eduardo também foi até o local para verificar o efeitos das chuvas na cratera aberta.Segundo Paulo César Ferreira, a Defesa Civil está recebendo várias chamadas e priorizando as áreas de risco, como Mãe Luiza e a comunidade do Jacó.
Aura Mazda /CelularPrefeitura reforçou a contenção de terra no local usando sacos de areiaPrefeitura reforçou a contenção de terra no local usando sacos de areia

A previsão da meteorologia é que as chuvas continuem durante toda a semana no litoral leste do Rio Grande do Norte. A tendência é que até sexta-feira a incidência de chuvas diminua, mas até quarta-feira (3) ainda haverá chuvas fortes.

De acordo com o Climatempo, toda a segunda-feira será chuvosa no litoral potiguar, com a diminuição nas precipitações a partir de amanhã. Na terça e quarta-feira, a previsão é de chuvas com período de nublado, enquanto na quinta e sexta-feira ocorram somente chuvas rápidas, com predominância de céu com poucas nuvens. As temperaturas vão variar entre 21ºC e 29ºC.

Bancada de deputados federais do Estado pode ter maior renovação em 40 anos.

Fonte: O Mossoroense.

Bruno Barreto - Editor de Política
Desde 1974 que a bancada de deputados federais do Rio Grande do Norte é formada por oito integrantes. Desde então a renovação nunca ultrapassou a casa dos 50%.

Foi assim em 1986, 1990, 1994, 2002 e 2006 quando metade dos parlamentares não foi reeleita. Em 1978, 1982 e 1998 apenas três foram reeleitos. A menor renovação foi registrada em 2010, quando apenas Rogério Marinho (PSDB) não foi reeleito. 
Quem ficou com a vaga foi Paulo Wagner (PV) que se beneficiou da coligação PMDB/PR/PV e ficou com a vaga mesmo tendo praticamente metade dos votos de Marinho.
Agora a realidade na sempre disputada vaga de deputado federal no Rio Grande do Norte é diferente.
Antes mesmo da eleição de 5 de outubro, já se sabe que serão eleitos três novos deputados federais no Rio Grande do Norte. Mas ainda existe a possibilidade de apenas três se reelegerem.
É que Paulo Wagner tem oscilado entre a desistência da reeleição alegando problemas de saúde e a continuidade na campanha a pedido de amigos.
Outro que corre risco de não chegar a 5 de outubro na condição de candidato é Betinho Rosado (PP). O deputado federal sofre processo de infidelidade partidária no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A votação está 2 x 0 pela decretação da perda de mandato do cunhado da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).
A votação será retomada em agosto, após a conclusão de diligência que definirá quem ficaria com o mandato de Betinho, caso a cassação se confirme, porque o DEM (que cobra o mandato) não tem suplente de deputado federal.
Além disso, tem o fato de ser comum que pelo menos um dos deputados federais não consiga a reeleição pelo cenário dos últimos anos.

Parlamentares indicam parentes como substitutos nas eleições para federal
A maioria dos novatos que pintam como favoritos a uma vaga na Câmara dos Deputados é formada por parentes de políticos que já detêm mandatos.
O filho do ministro Garibaldi Filho (PMDB), Walter Alves (PMDB), tem herdado as bases do primo Henrique Alves (PMDB), que disputa o Governo do Estado.
A médica Zenaide Maia (PR) trabalha para ser herdeira dos votos de João Maia (PR), que é candidato a vice-governador na chapa liderada pelo PMDB. Ela também é esposa do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado (PR).
Dos deputados federais que não disputam à reeleição, somente Fátima Bezerra (PT) não cedeu as bases para um parente. O trabalho do PT é eleger um nome novo. Para isso, lançou vários nomes, entre eles o mossoroense Valmir Alves, na chapa formada com PP, PSD, PC do B e PT.
Ainda aparecem na disputa com chances a ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado (PMDB), o deputado estadual Antônio Jácome (PMN) - foi o mais votado para a Assembleia Legislativa em 2010- e Rafael Motta (PROS) - filho do presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta (PROS).

REELEIÇÃO
Além de Betinho e Paulo Wagner, tentam à reeleição Sandra Rosado (PSB), Fábio Faria (PSD) e Felipe Maia (DEM). O tucano Rogério Marinho tenta voltar à Câmara e pode reassumir o mandato no meio da campanha, caso Betinho perca o mandato.


Justiça Eleitoral divulga nome de cidadãos que vão trabalhar nas eleições.

Fonte: Potiguar Notícias.

Os nomes das pessoas indicadas para compor as juntas são publicados em tempo hábil para que qualquer partido político possa pedir a impugnação das indicações.

Estão disponíveis para consulta nos sites dos tribunais regionais eleitorais (TREs) o nome das pessoas que comporão as Juntas Eleitorais. O prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral para a divulgação terminou neste domingo (27). Esse órgão colegiado provisório é constituído por dois ou quatro cidadãos e um juiz de direito, que o presidirá e poderá nomear escrutinadores e auxiliares extras para realizar os trabalhos.
Os nomes das pessoas indicadas para compor as juntas são publicados em tempo hábil para que qualquer partido político possa pedir a impugnação das indicações. Com a composição anunciada até 60 dias antes das eleições pelos tribunais regionais eleitorais (TREs), as Juntas Eleitorais têm a obrigação de apurar, em até dez dias, as eleições realizadas nas zonas eleitorais sob a sua jurisdição, expedir os boletins de apuração e diplomar os eleitos para cargos municipais.
A partir desta segunda-feira (28), os eleitores que pediram inscrição ou transferência já podem ir buscar, no cartório eleitoral mais próximo de sua residência, o título de eleitor. O prazo final para que a Justiça Eleitoral estivesse com essa documentação pronta para entrega também terminou no domingo (27).

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Ordem de serviço para obras na BR-101 só deve sair em agosto.

Fonte: TN. 

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) tem novo prazo para emitir a ordem de serviço para as obras complementares da BR-101: o início do mês de agosto deste ano. A última previsão era para maio do ano corrente. O serviço que promete dar agilidade no tráfego nas imediações de Natal e Parnamirim está hoje em fase de contratação. Nesta próxima terça-feira (8) as empresas vencedores deverão assinar contrato com o DNIT.
Junior SantosProjeto prevê construção de viaduto nas proximidades do Parque Aristófanes FernandesProjeto prevê construção de viaduto nas proximidades do Parque Aristófanes Fernandes

A obra consiste na ampliação e restauração das marginais da BR-101 da altura do Viaduto de Ponta Negra, em Natal, até próximo a RN-066 (Estrada de Pium), em Parnamirim – uma extensão de 10 km. Prevê a construção de seis viadutos nos cruzamentos ao longo da via federal, cinco passarelas, instalação do sistema de drenagem, e uma passagem de nível superior na Av. Das Alagoas, em Neópolis – Natal.

O vencedor da licitação e responsável por executar a obra, é o Consórcio Natal Parnamirim, constituído pelas empresas A Gaspar e Geotec. Há cerca de quinze dias foi encerrada a licitação da obra no valor de R$ 143 milhões. A licitação foi no Regime Diferenciado de Contratação. Segundo Walter Fernandes, diretor do DNIT, o valor ficou 8% abaixo do que previsto pelo Departamento. A previsão é que a partir da assinatura do contrato, em até vinte dias seja dada a ordem de serviço. “Até terça-feira estamos fechando o contrato. Daí a empresa vai nos entregar o seguro de risco, e vamos ter vinte dias para assinar a ordem de serviço”, garante Walter Fernandes.

Atualmente, o projeto está percorrendo trâmites burocráticos. Como, por exemplo, a preparação do seguro de risco da obra – um tipo de garantia adicional. Dada a ordem de serviço, no início de agosto as empresas deverão elaborar o projeto executivo, ação esta que deverão realizar em três meses. A partir de então, de imediato, segue a execução da obra. A empresa terá vinte e um dias para fazer a obra.

O objetivo do serviço, principalmente, é dar fluidez ao trânsito na via federal que serve como entrada para a cidade do Natal. Os seis viadutos anularão cruzamentos de avenidas com a BR-101, que hoje são possibilitados por semáforos. Dos seis, apenas um é em Natal, que ficará localizado em Neópolis, próximo a parada interestadual. Os outros cinco serão em Parnamirim, como exemplo, no encontro da Av. Everaldo Breves que serve de acesso ao centro do município.

Os viadutos serão elevados em referência ao nível da pista, no sentido da via federal, de maneira que   nenhum deles corte a BR-101. Para se direcionar aos bairros, os condutores passarão por um túnel por debaixo do viaduto. 

O complemento das marginais também ampliarão o número de faixas para percorrer o trecho de mais 10 km a ser reformado, além de facilitar a entrada e saída dos bairros ao longo da via. Em alguns locais, como na altura do bairro de Emaús, em Parnamirim, e na região de Neópolis, já próximo ao Viaduto de Ponta Negra, as marginais ainda estão incompletas, em barro.

“Até terça-feira estamos fechando o contrato. Daí a empresa vai nos entregar o seguro de risco, e vamos ter vinte dias para assinar a ordem de serviço”, explica Walter Fernandes.


quinta-feira, 26 de junho de 2014

Natal foi sede mais segura durante Copa, diz delegado

Fonte: TN. 

O presidente da Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos (Coesge/RN), o delegado da Polícia Federal Paulo Henrique de Oliveira Rocha, afirmou que Natal foi a mais tranquila dentre as 12 sedes da Copa do Mundo no Brasil. Nesta quinta-feira (26), o delegado afirmou que houve redução na média de todos os crimes em relação a maio.

Os números definitivos do balanço sobre a segurança na Copa do Mundo só ficarão prontos no dia 30 de junho. No entanto, Paulo Henrique de Oliveira disse que a percepção pessoal e contato com coordenadores de outros centros do país demonstraram que Natal foi a que apresentou menos problemas relacionados à segurança.


Roberto Lucena/CelularCúpula da segurança avaliou trabalho durante Copa do MundoCúpula da segurança avaliou trabalho durante Copa do Mundo

Segundo dados preliminares, houve uma redução entre 50% e 60% no número de homicídios em Natal e no interior durante o mundial. A segurança nos pontos específicos para os torcedores que seguiram para a Arena das Dunas e Fan Fest também teve números satisfatórios.

De acordo com a Polícia Militar, nos quatro dias de jogos, foram registrados 42 boletins de ocorrência referentes a problemas no entorno da Arena das Dunas e na Fifa Fan Fest. As queixas foram de roubos, furtos e perdas de documentos, além de seis procedimentos entre Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e prisões em flagrante.

Apesar de não haver mais jogos em Natal, o aparato montado na Escola de Governo para o monitoramento da segurança permanecerá ativo até o dia 18 de julho, assim como a presença de membros da Força Nacional. O Exército, no entanto, já não estará mais nas ruas.

Apesar do fim da paralisação, ainda é tímida a presença de ônibus nas ruas.

Fonte: TN.

Ainda é tímida a presença de ônibus nas ruas de Natal, Mas, ao ter conhecimento do fim da greve pelos canais de imprensa, a população já se direciona às paradas procurando pelo transporte. O terminal da integração, no conjunto Soledade, na zona norte de Natal, já tem saída de ônibus com passageiros.
Adriano Abreu / CelularMovimentação nas paradas ainda é tímidaMovimentação nas paradas ainda é tímida

Adriana Dantas, operadora de telemarketing, assim que soube do retorno do transporte foi para o terminal da integração, em Soledade 1, zona Norte da capital, para pegar um ônibus em direção ao seu trabalho.

Mesmo prejudicada nestes últimos dias pela dificuldade de ir ao trabalho ela se mostrou compreensiva com o movimento paredista, mas não deixa de comemorar o retorno. "A gente torce para que as coisas melhorem tanto para o trabalhador rodoviário, quanto para nós, a população", posiciona. 

Os rodoviários decidiram pelo fim da paralisação às 8h desta manhã e retorno imediato das atividades. Nestas primeiras horas de retorno o movimento maior é na saída dos veículos das garagens. agentes de mobilidade fazem a fiscalização pra conferir a quantidade de frota na rua, e os policiais militares estão nos pontos para garantir a segurança dos motoristas e cobradores que decidiram retornar ao trabalho.

A circulação de ônibus da cidade deve voltar a normalidade até o final do dia.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Rodoviários param toda da frota nesta quarta-feira.

Fonte: TN.

Natal amanheceu com zero frota de ônibus nas ruas. Hoje, os rodoviários paralisam em protesto ao resultado do dissídio coletivo, julgado ontem pelo Tribunal Regional do Trabalho. Segundo o Sindicato dos Rodoviários (Sintro), a greve acabou ontem, mas os trabalhadores estão insatisfeitos com o aumento de apenas R$10 no vale refeição e a decisão da justiça em descontar os dias de greve do salário.

Segundo Nastagnan Batista, presidente do Sintro, os trabalhadores estão concentrados nas garagens, mas só vão trabalhar se as empresas de ônibus convocarem a categoria para negociação. “Não é uma greve, a greve acabou ontem. Esse é um protesto porque nós não queremos que os dias de greve sejam descontados”, afirmou o representante. Nos cálculos do sindicato, vão ser descontados R$620 do salário dos motoristas pelos 13 dias de paralisação.

O sindicato segue realizando assembleias nas garagens. Na garagem da Guanabara, em Parque dos Coqueiros, nenhum dos 180 ônibus da frota diária chegou a sair.

Enquanto isso, as paradas da zona norte estão lotadas. A população já reclama de um dia perdido de trabalho, como é o caso do estoquista Weyder Robert, 27 anos. “Estou aqui desde as cinco e meia e nenhum ônibus passou. Desde ontem o pessoal do meu trabalho está ciente. Até pensei em pegar um fretado, mas se já está difícil ir, imagine de voltar”, afirmou ele, que esperava o ônibus 70 no terminal de Parque dos Coqueiros.

Segundo o diretor de base do sindicato na Guanabara, Alexandre Costa, os intermunicipais das empresas Guanabara, Oceano, Via Sul e Cidade Natal também não vão rodar, uma vez que as garagens também ficam localizadas nos terminais urbanos.